Manaus

Suicídio Forjado | Jovem de 15 anos teria forjado suicídio para viajar com amigos.

Manaus-AM | 20, Janeiro, 2020 | Segunda-feira

Joany Martins, a jovem de 15 anos que supostamente teria se jogado da Ponte Rio Negro no dia 25 de julho do ano passado, teria forjado sua morte pois não teria recebido permissão para viajar. As informações são do Portal Manaus Alerta.

Após seis meses do ocorrido, a família teria recebido informações de que a menor estaria residindo em Fortaleza, no Ceará, com um grupo de amigos. Até hoje o corpo de Joany nunca foi encontrado, mas o caso continua sendo investigado pela Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

A mãe da menor ainda teria relatado ao portal Manaus Alerta que a adolescente pediu inúmeras vezes para viajar, mas nunca recebeu autorização por ser menor de idade. A mãe ainda teria dito que no dia antes da suposta tragédia, mãe e filha teriam discutido e já no dia seguida a moça desapareceu.

Ainda de acordo com a mãe, Joany não demonstrava ter problemas psicológicos e estava em uma fase de extrema rebeldia. “Ninguém podia falar absolutamente nada pra ela que ficava logo com raiva e saía dizendo que todo mundo se metia na vida dela e que eu não deixava ela fazer nada”, relata.

Ainda de acordo com a postagem do Portal, a mãe acredita que a jovem realmente tenha forjado o suicídio e pede ajuda da população para apontar o paradeiro da filha. “Ela queria viajar com uns amigos que não conheço. Ainda tem esse casal que viu ela se jogando, que uma hora disseram que viram ela caindo, outra hora disseram que viram ela correndo. Não tem como saber a verdade”.

Fonte: Portal Manaus Alerta.https://manausalerta.com.br/ela-queria-viajar-revela-mae-ao-acreditar-que-filha-forjou-a-propria-morte-em-manaus/
Redação por Yasmim Araújo.